Estão roubando o sêmen das camisinhas que ficam no motel

17 de dez de 2011

“Dez miligramas de sêmen podem custar até R$ 850″
Antonio Cícero Damasceno, delegado responsável pelo Núcleo de Operações Especiais da Polícia Civil do Rio de Janeiro fez um alerta que assustou os amantes de todo o Brasil na manhã desta segunda-feira. Segundo o delegado existe uma quadrilha atuando em todo o país comercializando ilegalmente o sêmen que é represado nos preservativos usados em motéis.
A quadrilha age em parceria com as camareiras que recolhem as camisinhas usadas e atadas com nó na extremidade. Este material genético é vendido para as clínicas de fertilização artificial, que atualmente sofrem com as baixas demandas de doadores. Dez miligramas de sêmen podem custar até R$ 850 (caso possua densidade assemelhada ao doce de leite).
Segundo a investigação já foram identificados casos onde mulheres compraram sob encomenda camisinhas usadas por celebridades para efeito de coleção ou tentativa de obter lucros com o reconhecimento posterior da paternidade. Até o momento já foram notadas ramificações da quadrilha no Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pará e Goiás.

0 comentários:

Postar um comentário

Atenção: Se vc não tiver uma conta google, escolha Nome/URL - Coloque apenas o seu nome e comente.

OBS. Os Comentários dos leitores não refletem a opinião do blog.